PROVA MARATONA

Os competidores da Equipe Braço Curto parte para a prova Maratona e só retornam na terça-feira para o acampamento. São aproximadamente 500 km de prova entre deslocamento e corrida. Depois da prova a equipe segue para a Bolha 0, onde não será permitida a entrada de carretas, motorhome ou carros das equipes que não estiverem dentro da contagem de apoio rápido permitido por competidor/equipe.

Todos os apoios rápidos irão pernoitar na Bolha 02, onde haverá um espaço destinado. Na Bolha 02 será disponibilizado tracking para os apoios rápidos chegarem no final da especial 03. As equipes terão que sair com o mínimo de duas horas antes do horário de largada, pois percorrerão um trecho da especial 03.

O local da Bolha 02 é Minaçu – Praia do Sol – GO, e nossa equipe saiu cedo para esse percurso. A estratégia é chegar até o final com o carro inteiro e tentar fazer um bom tempo, sem arriscar muito, mas pisando fundo.

Luiz Eduardo Manara está otimista. O piloto estreante da Braço Curto não irá desperdiçar a chance de recuperar o tempo perdido na primeira fase, ocasião que teve um pneu furado e dificuldades na lama. Apesar de ser o primeiro Sertões do Manara ele tem grandes chances de um bom resultado, e conta com a navegação do experiente Leonardo Telles.

Mário Marcondes, o experiente piloto da Barço Curto quer pisar fundo, mas já adiantou que terá cautela porque na maratona a chance de quebrar sem socorro são muitas e isso pode causar a perda de várias posições. A essa altura a experiência conta muito e isso Mario e Artemio tem de sobra, mas são vários rios a serem atravessados o que pode ser um perigo para a dupla da equipe Braço Curto.

O piloto Bartolomeu que integrou a equipe recentemente está confiante e também irá com calma, segundo ele qualquer erro é fatal para um bom resultado. Barto, como é chamado conta com a navegação de Joel.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *